Business Intelligence (BI) – O que é?

Big Data – Análise e gestão de dados
11 de dezembro de 2018
Varejo – O que Mudou x Não Mudou em 100 anos
19 de dezembro de 2018
 Hoje vivemos em um mundo onde muitos querem empreender, e independente da área de atuação, do tamanho da empresa ou quanto tempo ela tem de mercado, errar em um contexto tão competitivo não é uma opção.
 Por muito tempo as empresas tomaram decisões baseadas apenas na intuição de seus líderes, e embora grandes impérios tenham sido construídos dessa maneira, o avanço da tecnologia e o acesso à informação ampliaram as possibilidades e a competitividade nesse cenário. Por isso, um dos primeiros passos para se ter sucesso é por meio do conhecimento que a sua empresa tem sobre o consumidor.
Uma das melhores maneiras de se conhecer e entender o seu consumidor é através da captação e tratamento de dados que quando acontece em grande volume são denominados de Big Data. Embora captar esses dados seja de grande relevância,  saber analisá-los e compreende-los é fundamental para alcançar os resultados desejados, afinal, são nas informações geradas que as decisões devem se basear.

Business Intelligence (BI)

 O termo Business Intelligence tem sido muito utilizado atualmente, conhecido também como Inteligência de Negócios, ele se refere a um processo tecnológico de coleta, organização, analise, compartilhamento e monitoramento de informações com auxílio da tecnologia, ou seja, é o processo de transformação dos dados em informações, informações essas que darão suporte na tomada de decisões estratégicas em todas as áreas da empresa, desde o marketing, comercial até a criação de novos produtos e serviços.

Pilares do BI

Para ter um Business Intelligence efetivo é necessário entender que ele é sustentado por 3 pilares que auxiliam na gestão eficiente dos dados:
  • Coleta de dados: é necessário colher dados de todas as áreas da empresa, além das informações geradas pelos consumidores.
  • Organização e análise:  todos os dados captados precisam ser organizados e em seguida analisados, para que assim possam se transformar em informações úteis.
  • Ação e monitoramento: depois de organizar e analisar os dados é hora de tomar decisões baseadas nas informações encontradas, além de monitorar o resultado dessas ações, para saber o que está de fato gerando retorno.
Para que esses pilares se sustentem e tenha uma efetividade o BI usufrui de ferramentas e tecnologia para auxiliar e tonar o processo mais rápido.
“O ponto é transformar dado em informação, informação em conhecimento e em insight, e conhecimento em vantagem competitiva – e fazê-lo em questão de minutos e segundos, não em dias ou semanas.” Ex-CEO da Hewlett-Packard.
(Saiba mais sobre coleta e analise de dados AQUI).

Porque usar o BI

O BI auxilia não apenas na análise de dados dos seus consumidores, mas também dos dados gerados dentro da sua empresa, dando suporte na tomada de decisão, sendo assim, as suas principais vantagens são:
  • Otimização de processos;
  • Criação de novos produtos e serviços;
  • Insights na elaboração e implementação de projetos;
  • Segurança na hora de tomar decisões;
  • Elaboração de estratégias;
  • Criação de campanhas;
  • Análise de riscos.
Essas são apenas algumas das muitas vantagens de ter o Business Intelligence, afinal, todas as suas decisões serão, a partir de agora, tomadas com base nas informações geradas pelos dados e não mais em “instinto” e “achismos”.

Business Intellicenge (BI) + Big Data

Como muitos de vocês já sabem, o Big Data é o nome dado para a enorme quantidade de dados coletados por uma empresa, sendo assim o BI não pode existir sem o Big Data, eles estão fortemente ligados, sendo o primeiro completamente dependente do segundo.
(Saiba mais sobre o que é Big Data e sua importância AQUI ).

Ferramentas que auxiliam no BI

É importante ressaltar que o Business Intelligence não é uma ferramenta ou plataforma, e sim um conjunto de processos que auxiliam na tomada de decisão. Mas para que o BI funcione corretamente é necessária à utilização de ferramentas para a coleta e análise dos dados.
  • Google Data Studio:  é uma ferramenta gratuita e possibilita a conexão entre fontes da própria empresa. Qualquer um que possui uma conta Gmail pode utilizá-la.
  • Tableau:é uma plataforma de análise completa, avançada, segura e flexível para os seus dados. O Tableau foi desenvolvido para atender as necessidades de cada usuário individual, mas sua implantação pode ser escalonada para toda a empresa.
  • IBM Watson Analytics:  O IBM possui duas versões a Plus e a Professional, sendo que a profissional permite o acesso de diversos usuários, e oferece um portifólio completo de soluções para auxiliar seus negócios
  • Microsoft Power BI: Nela é possível criar painéis dinâmicos, relatórios de maneira simples e rápida, além de oferecer a possibilidade de incorporar diversas bases de dados, como redes sociais e planilhas.
 É através do cruzamento e análise dessa base de dados, que é possível obter insihts relevantes e transformar a forma como a sua empresa toma decisões
Ajuda? Chat via WhatsApp